Conheça os 10 cursos técnicos mais valorizados no atual mercado de trabalho

Conheça os 10 cursos técnicos mais valorizados no atual mercado de trabalho

Uma pesquisa da Consultoria ManpowerGroup concluiu que os cargos técnicos e de profissionais com habilidades técnicas específicas são os postos que as empresas mais têm dificuldades para preencher hoje no Brasil.

A qualificação técnica é considerada o grande gargalo e, ao mesmo tempo, é uma das possibilidades de aumentar a produtividade e a qualificação da mão de obra no País. Os cursos técnicos oferecem habilidades práticas e teóricas com o objetivo de preparar o aluno para o mercado de trabalho.

São válidos como cursos de ensino médio e escolhidos como caminho para a qualificação profissional porque aumentam as chances do aluno conseguir um emprego. Entre os fatores que vêm influenciando os alunos a acumular certificados técnicos com o diploma de curso superior é, justamente, a alta empregabilidade.

Cursos técnicos e tecnológicos são a mesma coisa?

Não. O curso técnico é de nível médio, enquanto o curso tecnológico é de nível superior. Também chamada de curso de tecnólogo, ou curso superiores de tecnologia, essa graduação dura 2 ou 3 anos e tem alta empregabilidade. Por isso, se você quiser valorizar ainda mais o seu passe no mercado de trabalho, invista em um curso de tecnólogo.

CONFIRA OS CURSOS TÉCNICOS MAIS PROMISSORES!

Para elaborar o ranking dos 10 cursos técnicos mais valorizados e promissores a consultoria ManpowerGoup utilizou critérios como: salários iniciais, baixa oferta de profissionais no setor, novos mercados e a demanda por profissionais naquela área, entre outros.

1) Técnico em Meio Ambiente
Esta formação tem muitas oportunidades nas áreas de construção e indústria, além de óleo e gás. O salário médio inicial está em torno de R$3,5 mil.

2) Técnico em Redes de Computadores
O mercado de Tecnologia da Informação (TI) está aquecido e precisa de pessoal qualificado para cuidar da parte de infraestrutura. O salário inicial para esses profissionais gira em torno de R$3 mil.

3) Desenvolvedor Mobile
Quem busca a área tem a propósito de desenvolver novas plataformas de comunicação para empresas e organizações. As áreas de TI e telecomunicações estão recebendo muitos investimentos com a chegada da internet 4G e do aumento do poder de compra da população. O salário pode chegar a R$5 mil.

4) Técnico em Mecânica
Esse técnico trabalha na fabricação, montagem e na instalação de máquinas e equipamentos, podendo atuar em indústrias das variadas, que fabricam de alimentos a tecidos. Se a indústria cresce, eles têm emprego quase garantido, porque as máquinas continuam em funcionamento e sempre precisam de manutenção. O salário médio é de R$2.200.

5) Técnico em Eletrotécnica
Este profissional trabalha na avaliação de projetos e esquemas de instalações, desenvolvendo estudos e projetos de eletricidade. Há oportunidades não apenas no campo industrial, mas também no ramo de sistemas de distribuição e armazenamento de energia. Como o País passa por uma expansão no setor de energia, há vagas nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. O salário médio inicial é de R$1.700.

6) Técnico em Segurança do Trabalho
Trata-se de um profissional que realiza inspeções para impedir situações de risco e elabora projetos para evitar acidentes. Nos últimos anos, esses técnicos ganharam importância por conta do grande contingente de obras na construção civil. É também requisitado em quase todos os setores da economia, pois são necessários em qualquer empresa que reúna grande número de trabalhadores. O salário médio inicial é de R$1.900.

7) Técnico em Enfermagem
O Técnico em Enfermagem é o profissional que atua, sob a supervisão de um Enfermeiro, na promoção de ações e cuidados que garantam a saúde e o bem estar dos pacientes. No Brasil, a média salarial de um Técnico em Enfermagem é de cerca de R$1.825.

8) Técnico em Química
Há diversas opções de formação em Química com diferentes especialidades e tempo de duração. Os cursos de tecnólogo na área, por exemplo, são de curta duração como os cursos técnicos, mas garantem um diploma de nível superior. O salário médio para Técnico de Laboratório Químico é de R$3.500.

9) Técnico em administração
A área de atuação do técnico em Administração é bem extensa e variada. O profissional pode atuar em qualquer empresa em que há necessidade de administração de um negócio – de indústrias a escolas, passando por comércios, hospitais e empresas do governo. O salário médio para Técnico em Administração é de R$3.507 mensais.

COLÉGIO PIO XII


No Colégio Politécnico Pio XII em Juiz de Fora é possível encontrar algum destes excelentes cursos citados a cima. São oito especialidades com diversas vantagens para entrar rapidamente ao mercado de trabalho, entre eles estão; - Administração, Contabilidade, Eletrônica, Enfermagem, Informática, Meio Ambiente, Segurança do Trabalho e Química.

A instituição está localizada na Rua Espírito Santo, 1301, Centro. Mais informações pelo telefone 3215-6701.

Endereço

  • End: Rua Espírito Santo, 1301 - Centro - Juiz de Fora - MG
  • Tel: 32 3215-6701
  • Email: contato@colegiopioxii.com.br
Subir